Escrita · Sem categoria

Eu escolhi seguir em frente

eu escolhi seguir em frente

 

Eu precisei tomar uma decisão importante, sabe daquelas que mudam toda a vida e que te deixam sem rumo. Eu te conheci em um momento especial da minha vida e acho que isso fez com que você se tornasse ainda mais especial, o que eu não imaginava era que tudo que você representava pra mim fosse mudar de uma hora pra outra.

Tudo mudou quando eu vi você me insultar por algo bobo, até o momento eu não sabia que aquilo era você mostrando a sua verdade. Uma verdade obscura e medonha.

Você chegou na minha casa, nós íamos sair pra jantar e o fato de eu pedir mais 5 minutos pra me arrumar fez você crescer em minha direção, me apontando o dedo e gritando coisas na minha cara. – “Você é uma imbecil, não vê que já passamos 5 minutos do horário? Quando que você vai virar uma mulher responsável e decente?”. Naquele momento eu só consegui pedir desculpas, pegar minha bolsa e sair.

As coisas foram crescendo de uma forma rápida e inexplicável e eu sempre perdia a razão mesmo quando eu tinha total certeza que estava certa. Se eu via você fazer algo errado ou que me desagradasse, você simplesmente tornava a história do avesso e me culpava por aquela determinada atitude.

Eu nunca fui boa o suficiente pra você, sempre estava errada.

De alguma forma eu sabia que isso não era bom pra mim, que isso não é um relacionamento saudável, algumas pessoas me alertaram sobre isso também. Mas eu sempre me pegava pensando… “Se eu não sou boa o suficiente pra ele, ninguém vai me querer” e acabava aceitando, colocando na minha cabeça que eu não tinha opção.

Até que chegou a agressão física. Nós estavamos na minha casa e eu ri de algo engraçado no meu celular e isso foi suficiente pra você se enfurecer, dizendo que eu era uma palhaça e que eu só poderia rir quando me permitisse, que eu estava atrapalhando o jogo de futebol na tv e que não servia pra nada. E foi ai que a sua mão encontrou meu rosto. Na minha cabeça nada daquilo fazia sentido algum, absolutamente nada. Eu me tranquei no banheiro e você jogou toda sua fúria nos móveis, até que finalmente você me alcançou após destruir a porta do banheiro. Os seus olhos não eram mais os belos olhos que eu conheci e suas mãos não mais acariciavam meu rosto como antes.

Eu não me lembro de nada depois disso. Somente da dor quando acordei na ambulância. E de alguém me dizendo ” Querida, fica calma, você teve sorte. Nós estamos com você”.  E então tudo escureceu novamente.

Você foi preso uns dias depois, mas eu ainda vejo você. Quando eu fecho os olhos, quando alguém grita perto de mim, quando uma porta bate, quando eu sonho…

Mas eu fiz uma escolha, eu escolhi me amar e seguir frente. Porque eu não posso mudar o que me aconteceu, eu não posso mudar atitudes de outra pessoa, mas eu posso mudar e eu escolhi fazer isso. Doí, mas ok. A dor era maior por não viver. Hoje eu sou livre, sou dona de mim mesma de todas as formas possíveis.

 

Esse texto foi só uma criação que me veio a mente através do Desafio Café com blog, porém nós sabemos bem que essa é a realidade de muitas meninas por aí. E caiu como uma luva nesse mês tão importante pra nós mulheres.

Então se você conhece alguém que de alguma forma está em um relacionamento abusivo, por favor, não tire os olhos dela, alerte, cuide e se preciso envolva mais pessoas que a amam.

Você também pode gostar desse post: Dia internacional da mulher + Indicação Netflix

 

stock-photo-national-library-bookshelves-literature-4897917734

Anúncios

20 comentários em “Eu escolhi seguir em frente

  1. Infelizmente essa é a realidade de muitos casais. Muitas vezes a gente acaba aceitando algumas coisas por gostar de alguém mas é preciso ter amor próprio e sair de alguma relação antes chegue a esse ponto.

    Gostei muito do texto e acho que muitas pessoas precisam ler algo do tipo para poder sair ou evitar de entrar em situações abusivas.

    Curtir

  2. Que texto incrível e necessário. Gostei da narrativa e ainda mais de como você soube desenvolver a problemática da violência contra a mulher de uma forma rápida e clara. É realmente uma realidade triste e absurda que precisa mudar. Infelizmente nem todas conseguem ou podem seguir em frente ao final, como no texto.
    xoxo

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s